segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Para que estudar Sociologia?

PARA QUE ESTUDAR SOCIOLOGIA?

(Prof. Augusto Tavares)

          Essa é uma pergunta praticamente inevitável para quem ingressa num curso superior e se depara com disciplinas na área de Sociologia pela primeira vez. Não há nada de incomum nessa interrogação, muito pelo contrário, todas as coisas que dizemos conhecer hoje começaram com a admiração, com o espanto, que gerou uma pergunta e depois outra e nunca mais paramos de questionar o mundo e a nós mesmos...
          Mas quando se pergunta o “para que” de algo, pressupõe-se que se esteja querendo saber a sua “utilidade”. Nesse caso, precisa-se também perguntar: o que é uma coisa “útil” e ainda: útil para que e para quem?
          Estamos acostumados a julgar útil apenas às coisas que tem uma finalidade prática imediata. Útil é o que serve para alguma coisa, tem uma aplicação boa, aceitável e, portanto, nos deixa felizes e satisfeitos, certo? Certo! Mas não totalmente.
          Não estamos acostumados a ver como útil algo que nos incomoda, que questiona nossos valores e comportamentos. Contudo, uma das “utilidades” de se estudar sociologia pode ser que seja exatamente esta: deixar-nos incomodados. Incomodados com as explicações parciais, simplistas e imediatas sobre a vida social; incomodados com as injustiças e a manipulação do poder; incomodados com as verdades que se apresentam como absolutas.
          Você deve ter observado que algumas questões parecem não ter resposta, ou não ter uma única resposta, nos causando uma sensação de desânimo. A vida em sociedade é complexa, da reflexão sobre ela não se pode esperar unanimidades.
          A perspectiva sociológica exige uma postura de abertura intelectual temperada pela suspeição e curiosidade que nos ajudará a perceber as contradições da vida social. Isso não acontece sem que provoque uma mudança na nossa maneira de enxergar o mundo e a nós mesmos. Quem se dedica a investigar o comportamento humano passa por uma “revolução” em sua vida, as suas relações se transformam, suas idéias se transformam, seus sentimentos se transformam...
          No entanto, algumas pessoas já estão acomodadas, e não desejam – na maioria das vezes – mudanças que perturbem sua situação. Mas sendo a própria humanidade um processo, ou seja, um movimento contínuo, não podemos ficar parados. Ao entrar em contato com a sociologia é comum experimentarmos, ao mesmo tempo, momentos de incômodo e de satisfação. Alguns temas discutidos nas aulas podem – e devem – gerar uma situação de dúvida, porém é aí que começa a nascer a possibilidade de um conhecimento autônomo, justamente por podermos expressar nossos ideais e inquietações na busca de um entendimento mais claro e amplo da sociedade.
          Lembre-se de que a sociologia nasceu como ciência porque as pessoas sentiram-se insatisfeitas com as explicações que lhes eram dadas e passaram a buscar outras formas de ver e explicar os acontecimentos sociais. Muitas sofreram as conseqüências por ousar pensar diferente, propor mudanças e lutar por seus ideais. E nós que agora nos iniciamos na reflexão sociológica, somos parte dessa tradição.
          A sociologia tem a pretensão de ajudar a nos situar diante às questões que hoje são debatidas no mundo ou na sala de visitas da nossa casa. Sendo uma reflexão sistemática sobre o comportamento humano em sociedade, tem muito a ver com o exercício da cidadania. Se a forma como separamos o lixo na cozinha está relacionada com a consciência ecológica – hoje requisitada a nível global – se a maneira como dialogamos com as pessoas está na base da construção de relações mais democráticas, a reflexão sociológica pode nos ajudar a perceber que as nossas ações cotidianas, condicionadas pelas estruturas sócio-culturais, também influenciam este meio, gerando permanências e mudanças.
          A Sociologia é dinâmica, é um movimento de construção, destruição e reconstrução de explicações teórica e ações práticas. Como tal, não envelhece nem fica parada no tempo. A atividade de quem se envereda pelos seus caminhos deve ser um exercício constante de dúvida e de crítica, numa postura responsável e comprometida. Não é seu objetivo apresentar soluções fáceis e definitivas para a vida de ninguém, o que ela nos traz é a oportunidade de perceber com mais clareza como o mundo social opera a fim de que se possa planejar caminhos alternativos para a sociedade.
          O compromisso com o estudo e com a pesquisa em sociologia, entendido como práxis e não mera repetição, pode ser instrumento interessante para entendermos melhor as situações pelas quais passamos, possibilitando que façamos escolhas mais bem pensadas. Nesse processo, você se sentirá irremediavelmente incomodado, mas verá que assumir esse “incômodo” como uma força propulsora para novos conhecimentos e práticas, o ajudará no caminho da sua formação profissional e crescimento pessoal.

8 comentários:

  1. Aula super interessante revelando realmente os valores de estudarmos a socilogia para q possamos ver e enterdemos as verdadeiras realidades e
    "regras" de convivênçia na sociedade.

    Katlin
    Direito
    1 semestre FaP

    ResponderExcluir
  2. Entender a relação sociedade e individuo e como o direito está ligado a eles está sendo muito interessante. Espero absorver o máximo de conteúdo possivel, aprimorando os meus conhecimentos.

    Larissa Rayanne
    Direito/FAP
    1° Semestre (manhã)

    ResponderExcluir
  3. A reflexão sociológica é uma porta aberta à novas descobertas. Entre elas, a descoberta de nós mesmos enquanto sujeitos históricos. Obrigado pelos comentários. Continuem utilizando este espaço à vontade. A casa é nossa!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Uma aula super interessante, o texto mais ainda. Pois ele desperta a nossa sede de ter a crítica sobre alguns pilares da Sociedade MODERNA, aí depois de uma breve explanação sobre pq estudar sociologia perguntamos, é moderna mesmo?
    Como acima descreve:[...]A Sociologia é dinâmica, é um movimento de construção, destruição e reconstrução de explicações teórica e ações práticas.[...] POis bem, ela nos ajudará a enteder pq esse dinamismo está tão inserido nas pequenas ações que que praticamos! Espero Absorver muito mais com tuas aulas e teus textos!
    Saulo Felinto
    1° Semestre - Direito Fap; Noite

    ResponderExcluir
  6. A sociologia mantém uma relação com a sociedade de crítica permanente, pois a vida é "movimento". Deveríamos nos conscientizar que a verdadeira revolução se faz no cotidiano, nas vidas profissionais, interpessoais.

    Ramos Delgado
    Direito - Noite - 1º semestre

    ResponderExcluir
  7. A adversidade nos leva a necessidade de entender a sociedade através do comportamento do homem como um ser social, por isso a importancia do estudo da sociologia.

    ResponderExcluir
  8. Sei que não encontrarei respostas para determinadas perguntas, ou até várias respostas para uma mesma pergunta. Mas espero aprender a ter uma visão crítica de fatos que pra mim parecia simplismente normal.
    kelly
    Direito - FAP

    ResponderExcluir